Hoje é o Dia Internacional da Visibilidade Trans. VOCÊ JÁ PENSOU EM CONTRATAR UMA PESSOA TRANS?

Descrição da imagem #pracegover: fundo preto, Natasha, uma mulher trans e negra, pousa da cintura para cima, do lado esquerdo do banner. Ela veste vestido decotado e de alças vermelho, usa brincos longos e um colar prateado. Está maquiada e os cabelos, na altura do ombro, foram escovados diminuindo o cancheado natural. Ela olha para o lado, com altivez. Do lado direito, em letras brancas ""Wonderful, meu eu em mim". E abaixo: "Realidade: eu vos espero".


VOCÊ JÁ PENSOU EM CONTRATAR UMA PESSOA TRANS? 
DEIXE SEU COMENTÁRIO E DURANTE TODA A SEMANA E CONVERSAREMOS COM RESPEITO E ASSERTIVIDADE SOBRE ISSO.

Peço licença para usar a foto da linda mulher trans Natasha Kiss Wonderful. E também para divulgar a campanha da ONU Livres & Iguais e algumas reflexões sobre as pessoas trans.

A ONU Brasil comemorou este dia com a série 'Sobre Viver Trans' conta um pouco da vida das pessoas trans no Brasil (https://www.facebook.com/ONUBrasil/?fref=ts).

Nas Américas, o Brasil é o país que mais mata pessoas trans – e o número de assassinatos é quase quatro vezes maior que o do segundo colocado, o México (TEGEU, 2016).

Entre 2008 e 2016, 900 pessoas trans morreram violentamente no país (RedTrans, 2017).

Enquanto a expectativa de vida do brasileiro médio é de 70 anos (IBGE, 2016), a de uma pessoa trans não passa dos 35 (CIDH, 2015).

Isso se deve ao estigma, ao preconceito e à violência com base na identidade de gênero dessas pessoas.

Se você é favor da igualdade de direitos da população trans e do respeito à identidade de gênero, curta, comente, compartilhe a campanha. Demonstre que você se importa.

As mulheres e os homens trans e as travestis precisam do seu apoio.  Nome Social é Direito.

Histórias de Afeto e Empoderamento pela Visibilidade das Pessoas Trans.

Comentários